28 de dezembro de 2008

entre festas

tenho andado de poucas palavras a viver esta época... é bom um concentrado de festas assim quando tudo vai bem. Quando por dentro há espaços por preencher, esta história de Natal, seguido de aniversário, seguido de final de ano, digamos que... não é para todos!!!! Foi um Natal diferente este, sem dúvida! Voltámos a passar com os primos e tios com quem não passávamos há anos, voltámos a passar com a minha mãe, tivemos direito à visita do Pai Natal, foi muita a força que senti de muitos de vocês, foi importante a minha viagem que me encheu o peito (ou pelo menos parte), mas... Faltou uma PARTE MUITO IMPORTANTE!!!!
Sim, estás sempre "por perto" e mais ainda nestes dias, mas... O que eu gostava de ir à missa do galo no carro conduzido por ti PAPÁ, com os meus irmão e primos a ver quem via o trenó do Pai Natal, estarmos a missa toda totalmente impacientes e depois chegar a casa e vermos o que ele nos tinha deixado no sapatinho de cada um, cuidadosamente arrumados junto à lareira e devidamente etiquetados para que ele não se enganasse! Esta é uma memória que não existe sem ti, esta é daquelas que me preenchem o espaço que a tua ausência deixou "em branco", a mim e a todos os que faziam parta da história. Esta é das memórias que apesar de trazer lágrimas, traz um calor imenso e a certeza de que em muitos momentos da minha vida quero ser como tu foste!!!!

2 comentários:

Te disse...

Vim aqui parar...Um post sentido. Um abraço de Luz

Anónimo disse...

Memórias que nos preenchem a alma, e que serão eternas...Um grande abracinho da prima.:)